Arquivo do mês: junho 2011

Rubor

Um dos sentimentos mais apavorantes que pode nos acompanhar é a vergonha. É o arrependimento antes do acontecido. É o freio da nossa essência. Medo de não encantar pelo que realmente somos. Talvez a vergonha nos torne mais polidos. Mais … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Volta para casa

Quando o caos reina sobre mim a ordem tenta vir por palavras. Nada pior que uma tormenta de sentimentos dominando todo e qualquer pensamento. Não existe um motivo aparente para o caos instalar. Talvez uma vida tranquila que exige mais … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Pré-escola do amor

Ninguém é adulto quando se fala de amor. Somos todos infantis. Imaturos. Medrosos. O amor tem dessas. Dá um medo danado. Somos preparados para sermos adultos profissionais. Para sermos um bom pai ou boa mãe. Mas ninguém nos prepara para … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário