Arquivo do mês: abril 2011

O tal do tédio

A paixão cura o tédio. Nada pior que coração tranquilo. Rosto ameno. Mãos firmes. Fomos feitos de tanta química. Base neutraliza o ácido. E da vida queremos a acidez da paixão. Dos efeitos eloquentes. O tédio mata aos pouquinhos. Corações … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Bolo com champagne

Eu tenho gostos que só agradam a mim. Boa parte da minha vida fiz sozinha. Aos poucos acostumei a fazer mimos para mim e não estava preocupada em agradar ou em ser gentil com ninguém. A não ser comigo. É … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário