Arquivo do mês: janeiro 2011

Roda viva

O amor acaba. Ou se modifica. Um ou outro. Não há eternidade nos sentimentos. Como nós. Que nunca seremos os mesmos por uma vida toda. Permanecer talvez não seja um verbo para nossa vida. E sim para acontecimentos históricos. Seres … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Um dia de silêncio

Nascer homem é uma vantagem. Principalmente porque não precisam pensar, falar e ouvir sobre dieta desde os 12 anos de idade. Enumere quantas vezes você – mulher – fala com outras mulheres sobre regime. Quantas vezes ao dia. E se … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Cicuta

Ah, o ciúmes. Como não fazer dele um amigo em um mundo tão competitivo? Tão viciante quanto paixão. Chega de mansinho. Inofensivo. E quando percebemos domina completamente. Capaz de ser responsável por barbaridades que Elke Maravilha teria vergonha. Ele é … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 3 Comentários

Self-help

Venho de uma família de reclamões. Tudo é reclamação. Peso. Dinheiro. Calor. Frio. Marido. Mulher. Cachorro. Vidinha mais ou menos. Drama, drama e drama. Qualquer autor de self-help teria um trabalhão a convencer a reclamar menos. Minha mãe até se … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Baby jazz

Lá pelos 16 anos a paixão é pelo roqueiro. Nada mais subversivo e sexy que um namorado heavy metal. Mais tarde, com 20 anos, pouco importa desde que o repertório musical do rapaz seja maior que o seu. É necessário … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 4 Comentários

Fundo de pensão

Tenho investido em um fundo de pensão emocional. Aos 30 ainda é tempo de cuidar das amizades que nos acompanham há uns bons anos. Difícil é querer recuperar na velhice os colegas que participaram da vida um bocado de tempo … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

A festa não pode acabar

Nunca gostei da badalação. Muito menos de boates. Acho que o que mais me deprimia era o fim da festa. Sempre tinha uma amiga que não tinha a liberdade que meus pais me deram e queria ficar até tudo fechar. … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 4 Comentários